segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Joe Jonas cresce

Joe Jonas cresce

Os números são poderosos. Assim, um Jonas solitário em visita a um restaurante em Manhattan não causa o mesmo furor que o trio. Recentemente Joe Jonas, o irmão do meio entre o fenômeno dos Jonas Brothers, quase passou despercebido durante um almoço no restaurante Asia de Cuba, talvez porque a maioria dos seus frequentadores sejam, por assim dizer, adultos.
No entanto, Jonas sentiu-se em casa. Quando está com seus irmãos Nick (o bonitinho) e Kevin (o casado), ele transforma-se num rolo compressor para o fanatismo de pré-adolescentes, arrancando reações histéricas em altos decibéis. Sozinho, porém, Joe compõe um personagem totalmente distinto ou pelo menos este é o seu objetivo. Ele faz o tipo abafado: um homem (OK! Um garoto) astuto com opiniões próprias e gostos sofisticados.
"Futuramente gostaria de começar um blog de culinária’', anunciou Jonas, 22, quando se sentou a mesa para almoçar (salada de lula, escalopes marítimos e churrasco de galinha à cubana).

NYT(AP Images)


Devoto de uma boa refeição, Joe falou incessantemente sobre os chefs que lhe impressionam, incluindo Tim Love, o guru texano da cozinha do oeste americano (para ele, os tacos de cascavel de Love são “surreais”); e Susan Feniger, dona de um restaurante de comida de rua em Los Angeles. Embora Jonas tenha conhecido Stevie Wonder, Paul McCartney e o presidente Barack Obama, ele reserva as maiores honras para Mario Batali e Ferran Adrià.
“Eu quase nunca sinto um impacto ao conhecer uma estrela, mas quando conheço um chef, muitas vezes fico nervoso’', ele disse. ”Se for um chef que eu realmente goste, vou surtar, porque acho que o talento dele é muito diferente do que eu faço’'.
Outrora estrela da Disney, usando franjas e usando um anel de castidade, agora Joe está em transição para uma fase mais elegante, desde o seu físico ao seu interesse desesperado por moda, alimentação e outras atividades hedonistas. Ele se senta nas primeiras filas dos desfiles de moda em Milão e Nova York e foi um dos jurados de 'Top Chef’, Com a estreia da sua carreira solo marcada para 11 de outubro, com o lançamento do álbum 'Fastlife’, repleto de músicas para pistas e uma súbita explosão de sombras, ele tem esperanças de provocar uma transição de um membro de boy band para um artista adulto. Chamemos esse fenômeno de 'Timberlaking’. Mas Justin Timberlake é um caso raro de artista a emergir do casulo da Disney totalmente formado como um talento multifacetado. Por conta da mudança de gostos ou da Biebermania, a popularidade dos Jonas encolheu. Uma filmagem em 3D de um show foi considerada um fracasso de bilheteria em 2009 e a última série dos irmãos na Disney, 'Jonas L.A.', falhou na medida em que tentou retratar um lado mais maduro dos garotos, sendo cancelada no ano passado.
NYT(AP Images)
“Eles se tornaram muito reconhecidos como um grupo e como uma marca teen e tween, é difícil provar as pessoas que você cresceu’', disse Joe Zee, o diretor criativo da Elle, que trabalhou com Timberlake na sua transição de boy band para carreira solo. ”Você imediatamente dá de cara com um nível de ceticismo’'.
Zee, que não trabalhou com Jonas, mas se considera fã, elogiou seu estilo emergente. “Ele trabalha bem o estilo com a nuca e o novo corte de cabelo’', Zee explica. ”Ele tem toda aquela perfeição’'.
Mas Zee acrescentou: "Se ele quiser ser a Beyoncé do Destiny’s Child, ele irá realmente precisar mostrar que pode crescer e amadurecer, e realmente, para ser honesto, conquistar uma nova base de fãs. Talvez isso signifique deixar a barba por fazer, mas isso também significa amadurecer em todos os sentidos, no estilo e na música’'.
Os estilistas já estão ansiosos para ajudar Jonas a construir um novo look.
Italo Zucchelli, diretor criativo da Calvin Klein para moda masculina, vestiu o artista em várias ocasiões e o levou para a Semana de Moda de Milão.
"Assim, havia garotas histéricas seguindo Jonas por toda parte, toda parte’', declarou Zucchellli, ainda bastante impressionado. Ele ficou impressionado com o gosto de Jonas: combinando um par de tênis com um terno, ou uma jaqueta jeans com um blazer, fazendo perguntas sobre roupas de passarela.
“Ele é muito interessado no assunto e quer conhecer a linguagem da moda’', disse Zucchelli, chamando-o de modelo ideal para os seus modelos joviais. ”O que eu faço é realmente inspirado num 'americanismo’ icônico e Joe é um garoto 100% americano’'.
NYT(AP Images)
A influência crescente de Jonas na moda tornou-se evidente durante a recente Fashion Week de Nova York, quando ele apresentou-se na Saks Fifth Avenue na Fashion’s Night Out vestido pelo jovem estilista britânico Simon Spurr. Eles se conheceram no começo deste ano durante um jantar em Chateau Marmont, em Los Angeles.
“Ele realmente incorpora a marca’', disse Spurr. ”Ele é muito humilde, bem afeiçoado e limpo. Representa uma nova geração’'.
Jonas afirmou ter tomado conhecimento sobre as roupas de Spurr no revendedor online de artigos masculinos de luxo Mr. Porter, ao que ele imediatamente alertou seu estilista de que gostaria de vestir-se com a marca, algo que acabou fazendo no seu novo vídeo, 'Just in Love’, pelo menos na parte onde ele não está se divertindo na banheira com uma modelo.
Jonas reconheceu que os anos de produção de 'Fastlife’ fazem com que ele demarque uma nova era. No lugar de uma música pop leve que fez dos Jonas Brothers multimilionários (eles arrecadaram cerca de US$ 35 milhões anuais nos últimos anos), as faixas do disco têm um tom malandro e obscuro. Jonas disse que em 2009 ele reuniu-se com os irmãos com a ideia de fazer um disco solo. "Eu não teria feito o disco caso eles não tivessem me dado apoio’', explicou.
A primeira ideia que passou pela cabeça de Jonas foi fazer um álbum de baladas pop, "alguma coisa entre Michael Bublé e Josh Groban’', em suas palavras. Mas, parcialmente impulsionado pelo fim recente de uma relação, ele acabou se rendendo a batida do R&B. (Jonas, famoso personagem de uma canção de Taylor Swift sobre rompimentos, hesitou em contar sobre do que se tratavam as suas músicas, embora ele já estivesse num romance com Ashley Greene no começo do ano.) O álbum apresenta um Jonas despido de pureza e atualmente liberto do anel de castidade, despontando como uma autoridade no agito das festas. Jonas disse que seu sonho era ter suas músicas remixadas por DJs de clubes.
“Eu gostaria de compor algo para as pessoas dançarem’', ele disse. ”Quero dançar’'.
Os garotos Jonas (eles são quatro; Frankie, o 'Jonas bônus’, tem 11 anos) cresceram em Nova Jersey, onde, ainda adolescentes, os mais velhos começaram a se apresentar em parques de diversões. O pai dos garotos, Kevin Jonas Sr., era pastor protestante antes de se tornar empresário do grupo; a mãe dos Jonas, Denise, os escolarizou em casa. A família continua unida e Joe dá crédito a ela por seu equilíbrio. De fato, ele é extremamente educado e possui excelentes modos à mesa.
“Minha mãe sempre nos ensinou a comer como se algum dia fôssemos estar na mesa do presidente’', ele disse. ”E nós finalmente sentamos à mesa com o presidente e jantamos com ele na Casa Branca’'. (Na ocasião eles levaram a mãe e ela chorou.) "E meu pai sempre disse algo que nós sempre carregamos conosco: viva como se você estivesse à margem, e não no topo’'. Jonas agora mora sozinho em Hollywood, num loft que ele mesmo decorou; ele dá preferência estilos modernos, videogames antigos e o trabalho de artistas de rua como Curtis Kuling, amigo cuja etiqueta 'Love Me’ ornamenta seu telefone. Seu closet, ele disse, é repleto de cores (“não tenho problemas em vestir sapatos cor-de-rosa’', explicou) e ele gosta de acessórios exagerados como tênis coloridos em tie-dye. No meio deste ano, para seu aniversário, seus pais lhe deram de presente um par de coturnos Louis Vuitton. (”Eu acho que meu pai tem mais sapatos Louis Vuitton do que qualquer outro cara por aí’', contou.) No Fashion’s Night Out, Jonas teve sua credencial de fashionista firmada ao conhecer Anna Wintour, da Vogue. Ela encontrou-se com ele para uma palavrinha rápida antes de sua apresentação na Saks Fifth Avenue. Num quarto verde improvisado no departamento de roupas masculinas, Jonas, vestido num terno preto de lã com lapelas listradas em gorgorão assinado por Spurr, conversou com ela sobre a noite e sua promoção como um evento de compras.
Embora Wintour não tenha ficado para a apresentação, sua visita deixou Jonas impressionado.
"Gostaria de ter feito uma lista de perguntas para ela’', desabafou Jonas. "Ela é uma lenda’'.
Devidamente ungido, ele cedeu espaço para uma fã típica, uma garotinha vestida em uma camiseta com a estampa de um enorme coração, que posou para uma foto com ele. Depois da foto, ainda enrubescida, ela mal conseguiu dizer a própria idade: 8 anos.
Rapidamente Jonas subiu ao palco, cantando de olhos fechados, seus quadris apenas evitando fazer alguma pressão sobre as cabeças de centenas de garotas histéricas.
The New York Times News Service/Syndicate - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito do The New York Times._NYT_
Joe Jonas, who has a debut solo album, "Fastlife," due out next month, performs at Sacks Fifth Avenue during fashion week in New York, Sept. 8, 2011. Once a mop-topped, purity-ring-wearing Disney star alongside his brothers, Jonas is moving into sleeker territory, from his physique to his piqued interest in fashion, food and other epicurean pursuits. (Yana Paskova/The New York Times)

Fonte: MSN

Nenhum comentário:

Postar um comentário